Mensagem expositiva de Isaías 35.

Isaías foi o mais messiânico dos profetas do velho testamento. E no capítulo 35 sua profecia se cumpriu em Jesus, mas também se cumpre em nós, a igreja de Cristo.
Versículos 1 e 2:
Como no capítulo 54 "CANTA alegremente, ó estéril, que não deste à luz; rompe em cântico, e exclama com alegria, tu que não tiveste dores de parto; porque mais são os filhos da mulher solitária, do que os filhos da casada, diz o SENHOR”, Isaías nos instrui a Nos alegrar, louvar e regozijar ainda sendo terra seca.
É muito fácil se alegrar com a vitória depois que ela se torna uma realidade natural, mais Deus espera que nós ajamos por fé e não pelo que vemos (2co5: 7). Crer para ver e não ao contrário deve ser nosso modo de andar na caminhada da vida.
Hoje se fala muito em cantar o hino da vitória quando chegar do outro lado do mar, mas eu creio que Miriã cantou o hino certo no lado errado do Mar vermelho. Deus sempre nos ensina a louvar, se alegrar antes como foi no episódio das muralhas de Jericó. Gritar com alegria e emoção depois de ver as muralhas ao chão qualquer um faz. Mas é quando as raízes estão ainda na esfera do invisível, que devemos está nos alegrando em Deus. Até no meio das muitas tribulações como ensina o apóstolo Tiago em sua epístola devemos está olhando para o que Deus está fazendo (Tiago1: 2 e 5:11). É assim que funciona a fé, e agindo assim Deus começa a trazer uma frutificação, beleza, resplendor e honra em nossas vidas.
Quanto mais adoração, mais a glória e o resplendor de Deus se evidenciam em nossas vidas. E assim como em 2 Coríntios 3:18 diz: "Mas todos nós, com rosto descoberto, refletindo como um espelho a glória do Senhor, somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor", De forma progressiva a glória de Deus será refletida através de nós.
Versículos 3 e 4:
Devemos atentar para a nossa parte da história, pois após a criação do Homem Deus não fez um milagre se quer sem a participação humana. Olhe todos os milagres no velho e no novo testamento e você nota que mesmo que ás vezes de maneira bem discreta houve uma contribuição do homem como, por exemplo: Moisés com seu cajado, Noé construindo a arca, os profetas liberando uma palavra, a viúva de Elizeu com a vasilha vazia...
E claro Jesus sempre aguçava a fé das pessoas perguntando muitas vezes o óbvio; "O que queres que eu te faça," e sempre dizia: "A tua fé te salvou".
Voltando para Isaías 35 nos versos três e quatro, é nosso dever nos fortalecermos em Deus buscando-o (Ef 6:10), permanecendo firme sem vacilar e proclamando as pessoas libertação. Pois muitas vezes boa parte da nossa cura está em levarmos da mesma cura para outros. Deus sempre nos usa naquilo que nos afligia. Faz de nós de cativos a libertadores (Is 61), e como o apóstolo Paulo diz somos cartas vivas do Senhor. A nossa vida e os milagres que Deus faz em nós têm que ser a boa notícia para aqueles que passam à mesma experiência e precisam da mesma libertação (2 co3). A nossa pré disposição a ajudar a nós mesmos e aos outros traz o agir de Deus.
E mesmo não estando 100% firmes, curados Deus trabalha em nós quando deixamos essas deficiências serem a nossa mensagem.
Versículos 5, 6 e 7:
O sobrenatural de Deus está condicionado a nossa obediência as suas ordenanças e princípios. Veja que os cinco primeiros versículos dão à condição de experimentar os milagres dos versos seguintes. Curas, restauração e frutificação tomam o lugar de desertos, areias abrasadoras e chacais.
Deus deseja nos abençoar. Ele deseja derramar bênçãos como águas torrenciais sobre nós. Mais do que podemos imaginar, mas muitas vezes fica impossibilitado de fazê-lo por causa de sua palavra. E é aí que Satanás consegue entrar, pois quando somos distraídos e influenciados por ele deixando de cumprir as ordenanças da palavra e escolhemos um caminho que não é o que Deus planejou para nós e com isso as bênçãos de Deus não flui em nossas vidas. Mas está em nossas mãos! A escolha é nossa (Dt11: 26-28).
Versículos 8, 9 e 10:
Deus tem um caminho. Mas é restrito, estreito. Existe um padrão para passar por esse caminho: Santidade! (Hb 12:14).
Impuros, insensatos, demônios, feras e todos aqueles debaixo da influência maligna não estão aptos para passar por esse caminho. É por isso que o Diabo não se cansa em levar pessoas para o outro caminho que é largo, fácil e até prazeroso. Pois há um inferno a ser evitado e um céu a ser conquistado.
Isaías finaliza dizendo que há um povo resgatado e redimido por Deus que escolheu seguir o caminho de santidade. Que se entrega ao senhor e O serve.
Esse povo, que somos nós tem uma característica bem especial: Traz nos lábios louvores, cantos de alegria em sua boca têm sempre gratidão e adoração ao senhor independente das circunstâncias. Boas ou ruins, terra seca ou encharcada, fecundo ou estéril, sabendo que o Senhor é poderoso para transformar, libertar e purificar com suas águas e trazer os milagres quando em nossa boca fluem os seus louvores. E Deus fará que o tempo de alegria seja maior que o tempo de chorar. Pois até nas provações e nas adversidades a alegria do Senhor irá fazer que toda tristeza, frustração e angustia seja banida da sua vida.
Deixe que seu louvor e a sua adoração traga as águas de Deus na terra seca da sua vida!
Pr Eduardo Ferreira.
(Esboço para pregação da campanha das águas purificadoras na igreja fonte da vida em Vila Isabel).

Comentários

  1. pastor gostei me ajudou muito mesmo obrigado, JESUS te abençoe...!

    ResponderExcluir
  2. Desculpe a demora, estava um tempo sem abrir o blog, mas obrigado...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Isaías 55:10,11

Somos cooperadores de Cristo.